terça-feira, 24 de novembro de 2015

blog/amaliatavaresmensagens

 Um dos meus preferidos 
SIMPLESMENTE AMOR

Um dia acreditei no Amor, o achando grande em sentimentos e que quando pulsasse dentro do meu peito ele pudesse realizar qualquer coisa. Sentia-o forte, capaz, poderoso, de me fazer a pessoa mais linda e mais livre do mundo.
Foi aí que um dia, descobri que o Amor, também, machuca, mas talvez porque achamos que a nossa forma de amar é a melhor, a mais perfeita e ao nos depararmos com o Amor do outro, enfrentamos a dor, sofrimentos indesejáveis, e, então, não compreendemos, já que, na antiga concepção do Amor, não poderia doer. Não poderia nos fazer sofrer, daí refletimos, mais ainda: claro! O Amor tem mais coisas que pulsam dentro de cada um de nós; sim coisas que faz perdoar, entender e compreender, assim, ele é maior que qualquer situação que alguém pode nos impor, porque o Amor é sublime, pleno e completo em todos os sentidos. O Amor nos transporta, através de muitas portas. A da CARIDADE, da SINCERIDADE, da SOLIDARIEDADE E de outras INFINITAS que constituem as PORTAS DAS IRMÃS DO AMOR....
Acredite! Quando jovens, temos uma visão de amar, mas ao passar o tempo, junto com as irmãs do amor, descobrimos que esta pequena palavra AMOR tem uma extensão na qual nem conseguimos dar conta deste sentimento que habita em cada ser!
AMOR, sentimento que transporta entendimento, no qual muitos irmãos acabam por deixar de olhar a si mesmo e saem pela vida a fora para praticá-lo aos seus semelhantes. Exemplos: Maria Tereza de Calcutá, Gandhi, Chico Xavier e muitos outros nomes que conhecemos e muitos anônimos também...
Sinto AMOR, ao olhar o céu azul e o sol brilhando...
Sinto AMOR, ao ver um sorriso largo e amigo na minha frente!
Sinto AMOR, ao ver a humanidade se unindo em ajudar ao próximo....
Sinto AMOR, ao ver no rosto do meu irmão uma palavra de compreensão e esperança...
Sinto AMOR, ao ver a natureza a nossa volta nos ensinando a cada dia..com suas estações...
Sinto AMOR, ao olhar o pássaro cantando ou uma borboleta voando...
Então, por que não? Vamos sentir AMOR! Nesse SOL interior que nos aquece por dentro! Nesse sol que condensa toda humanidade faminta de Amor.
Dêem força a esse AMOR! Que rege o mundo com a presença de DEUS PAI a nos guiar, cada passo que nos faz sentir seguros de que nada pode nos abater! Esse AMOR incondicional, no qual JESUS teve por nós ao morrer na CRUZ...
Venha unir-nos com essa bandeira hasteada de AMOR para que o mundo se torne melhor na justiça, na Paz e com a verdade. Que também possa tirar nossos irmãos da miséria. Miséria de cultura, de dignidade para se ter um trabalho capaz de sustentar suas famílias. Misérias, estas, cuja falta de amor a criaram e que agora venha a nos impor e nos julgar capazes de aceitar o mundo dessa forma! Será que não está na hora do homem criar outra bomba? A bomba do AMOR, e tão somente, cujo valor em sentimento se tornará mais consciente toda a humanidade em prol daqueles mais sofridos e carentes em tantas formas de AMAR....
Amália Tavares
Escrito por seu Mentor irmão João
Data: 31/05/07 às 22h00min