quinta-feira, 17 de abril de 2014

blog/amaliatavaresmensagens







A espera...
Aonde você esta agora  e o que esta fazendo neste momento? Que não seja somente aqui dentro de mim, em meus pensamentos e no meu coração......
Procuro em todas as direções e não consigo encontrar nenhum indicio de sua presença.
Aonde foi que você ficou e que distancia de vidas e planetas você se encontra de mim?
Busco-te todas as noites ao fechar meus olhos na tentativa desesperada de dormir e te encontrar nas estrelas, aonde por alguns momentos eu posso senti-lo, enquanto meu corpo adormecido em meu quarto com medo de despertar a qualquer instante e eu ser lançada mais uma vez para fora de seus braços.
Tem dias que a angustia e a melancolia toma conta de mim pela distancia que nossas vidas se tomaram.....
Aonde posso te encontrar que não seja caminhando sobre as nuvens, além do infinito e um mundo bem distante aonde sei que olhas por mim e sente também a minha falta!
Deixei de fazer algo certo? Estou sendo punida por cometer alguns erros e por isso esta distancia que me deixa assim, totalmente vazia, incapaz de entender, e me fecho em um mundo só meu, na tentativa desesperada de guardar dentro de mim as lembranças de nos dois em minhas memorias passadas!
 Por que não consigo te ouvir... A sua canção ao meu ouvido me fazendo adormecer na certeza que quando o sol nascer pela manha você estará do meu lado num sorriso me despertando para mais um dia de nossas vidas.
 Nas noites peço em minhas preces que possa ter permissão de encontra-lo nas estrelas.....
Por que se foi e me deixou a vagar sozinha por esta estrada longa, e meus dias se tornaram tristes, sem cor e sem perfume.
Tente pedir para que possamos nos encontrar e poder finalmente ouvir som da sua voz e da sua risada que preenchia todos os espaços vazios em meu coração.
Hoje particularmente estou com tantas saudades.... E não sei mais aonde te procurar e não sei mais pedir para que possa te encontrar. Por que de alguma forma queria muito ouvir o som da sua voz.... E o mais difícil de tudo que ouço a minha voz que se tornou um eco chamando por você. Era ela, a sua voz que me guiava neste imenso tapete verde da estrada de flores e sentia seu cheiro invadir meu ser, num misto com o perfume das flores, o que mais sinto falta era da nossa canção que tocava numa melodia suave me fazendo recordar das tardes de inverno junto ao fogo aquecendo minhas mãos nas suas e sentia a segurança de uma vida simples e ao mesmo tempo tão completa e feliz!
Me de um sinal através do luar, através das estrelas cadentes que cai na terra e junto você vira ao meu encontro.
Sinto sua falta, minha alma chora sua demora, meus pensamentos vão ao teu encontro e num relance volto e me sinto perdida a vagar sozinha nesta espera solitária e a me perguntar por onde andas e quando vai voltar?

**Amália Tavares** 02/08/2013 às 16h35min