terça-feira, 4 de setembro de 2012

blog/amaliatavaresmensagens

Bom dia queridos amigos,

Quero agradecer pela oportunidade do dia de hoje, agradecer por vocês em minha vida.
Este final de semana descobri que a melhor coisa do mundo e a família,quero agradecer a minha família, sabe a acolhida nos braços de pessoas que realmente nos ama, como é bom o abraço sincero e cheio de ternura e amor por nós,pois foi assim que me senti nos braços das minhas tias, me senti menina ,frágil e com uma imensa desproteção.Elas de certa forma me fazendo lembrar como uma retrospectiva de minha vida desde a infância, como a gente se esquece de quem somos e o valor que  temos, tinha realmente me esquecido da mulher que me tornei, e sabe porque? Porque há muito tempo deixei a minha vida ir no piloto automático e posso garantir a vocês isso não é bom, mas pergunto como pegar a direção da minha vida e ter o controle dela? Eu ainda não sei, parece que no momento estou meio que aderiva , sabe quando você liga o carro e tem que dirigir e conduzir o carro para o destino que quer chegar ? sim é a mesma coisa, estou tentando ligar o carro e pegar a direção da onde quero chegar.
Sabe porque estou dizendo isso , porque a vida nos ensina de uma forma que não queremos enxergar e por mais cruel que seja o fato a realidade esta diante de nós, seja em qualquer fase de sua vida, o mais duro é reconhecer o quanto nos esquecemos de nós mesmos, que temos as mesmas necessidades que os outros que estamos o tempo todo protegendo,amando e cuidando.
Claro não devemos de forma alguma doar a alguém esperando reconhecimento, afinal o reconhecimento vem o Alto, porque aprendi que devemos fazer aos outros o que realmente gostaríamos que fizessem por nós.
E muitas vezes não acontece isso, nasci com uma missão, uma karma ou sei lá o que posso chamar , a verdade que amo tudo e todos com muita intensidade e acho que nem todos estão preparados ou não querem ser amadas.
Porque o mundo de hoje ai fora as ilusões e as fascinações são simples e fáceis demais, e nem todos conseguem discernir de fato o quão seguro e tranquilo pode ser as escolhas de viver sem acreditar nelas.
Quero agradecer as minhas tias, minha família, meus filhos e agradecer acima de tudo a DEUS e meu querido mentor por me segurar diante dos meus desesperos, de pegar o carro e sair sem destino e chorar com toda a dor do meu ser e não saber aonde ir, e muitas vezes Ele não desiste de mim e me leva a sua casa, aonde diante dele me ajoelho e suplica ajuda


Amalia ( 03/09/2012 às 10:46 hs)